Se tem uma coisa que eu sempre procuro na internet é indicação do que ler, mesmo que eu tenha milhões de livros pra ler na estante. Um dia, perambulando pela internet, vi alguém aleatório indicando esse livro e então resolvi seguir a indicação.
 OS ASSASSINOS DO CARTÃO-POSTAL
Autor: JAMES PATTERSON e LIZA MARKLUND
Editora: ARQUEIRO
Ano: 2014
Nº págs: 304
Gênero: Policial

Sinopse: Após receber a notícia do brutal assassinato de sua filha e namorado, mortos em Roma,o detetive da NYPD Jacob Kanon viaja para o Velho Continente para tentar juntar pistas sobre o crime que mudou sua vida. E a onda de assassinatos está só começando: jovens casais são encontrados mortos em Paris, Copenhague, Frankfurt e Estolcomo. Os crimes parecem não estar conectados, com exceção de um cartão-postal enviado para o jornal local da cidade de cada nova vítima. Quando a repórter sueca Dessie Larsson recebe um postal, Kanon junta forças com a jornalista e partem para o novo destino para tentar capturar o serial killer.

Um pai em busca de justiça para a morte de sua filha, a jornalista local e um casal de serial killers, o combo de personagens perfeitos para uma história que prende do inicio ao fim. 
Nunca tinha lido nada do James Patterson e nem da Liza Marklund, mas gostei bastante da escrita do livro, achei um pouco parecida com a de Dan Brown. Com capitulos rapidos e intrigantes o livro me conquistou e é uma leitura que recomendo a vocês.

Extra:

A primeira coisa que eu pensei quando eu li o livro foi ''seria legal ver isso no cinema'' e parece que isso vai rolar. Com Janusz Kaminski na direção e Dakota Fanning no elenco, o filme deve sair no ano que vem pela Good Film. 



Hoje eu resolvi fazer um post de coisas que eu NÃO recomendo; produtos que eu usei e não gostei, séries que eu assisti e não valeu a pena, leituras e algumas outras coisas aleatórias. É claro que cada um tem sua opinião e gosto, você é livre para comentar sua opinião aqui e até me ajudar a ver de uma outra forma algum item dessa lista. let's go!


FILME - Quando as Luzes se Apagam

Já vou começar comentando sobre um filme que estreou em agosto nos cinemas; Quando as Luzes se Apagam. Confesso que já fui assistir com a expectativa um pouco baixa por conta do trailer que não é lá essas coisas, mas resolvi da uma chance já que o filme conta com James Wan (diretor de Invocação do Mal) na produção. 
SINOPSE: Desde que era pequena, Rebecca tinha uma porção de medos, especialmente quando as luzes se apagavam. Ela acreditava ser perseguida pela figura de uma mulher e anos mais tarde seu irmão mais novo começa a sofrer do mesmo problema. Juntos eles descobrem que a aparição está ligada à mãe deles, Rebecca começa a investigar o caso e chega perto de conhecer a terrível verdade.

O filme consegue dar alguns sustos, mas a tensão não supera a história fraca e as atuações medianas. Achei o começo do filme empolgante, mas depois de alguns minutos ele já começa a decepcionar. Apesar de ter uma semelhança com o filme The Babadook que é um filme que eu gostei, o desenvolver da história desse não me agradou. 

SÉRIE - Supergirl
Como fã do universo de super heróis, ainda mais o da DC, é claro que eu não ia deixar de assistir Supergirl. Comecei no final do ano passado e abandonei a série na metade, não consegui acompanhar porque ela tava chata e muito cansativa. Como ela foi adicionada ao catalogo da Netflix recentemente, me obriguei a assistir o resto da temporada, mas a opinião continua a mesma. Supergirl pra mim só em crossovers. Não recomendo. 

LIVRO - Mentirosos
Gente, sério: não me matem! Sei que mais da metade dos que leram este livro adoraram e se você aí já leu deve tá se perguntando o porque dele ta nessa lista, mas eu realmente não gostei. Mentirosos é um livro que eu me forcei a ler por conta de várias recomendações do tipo ''o final é surpreendente'' ''você vai gostar'', com essas opiniões minha expectativa só ia aumentando (mesmo sem nem ler a sinopse) e com a expectativa alta li e me decepcionei.
 Gostei dos personagens e da ideia do livro, mas não achei a história muito bem contada e nem senti uma conexão forte entre os quatro personagens principais, o que é um fator bem importante para a trama. Além disso achei algumas falhas na história, o que foi suficiente pra descobrir o tal final ''surpreendente'' e acabar com a emoção da surpresa no final. Não gostei e não recomendo pra quem não é fã de YA. 

Resolvi não por a sinopse do livro e nem contar do que se trata, porque a maioria das recomendações falam que é um livro que é bom você ler sem saber nada da história. Bom, eu li sem saber nada da história e não gostei mesmo assim. Mas se você quiser saber mais sobre ele clique aqui

MAQUIAGEM - Máscara Avon Big & Define Waterproof 

Expectativa gera decepção! E é o que também aconteceu com essa máscara da Avon, ela promete definir, separar e dá mais volume aos cílios. Achei que ela não cumpriu com nenhuma das promessas da descrição; ela não separa e até gruda um pouco os cílios. Como é a prova d'água ela seca rápido, o que dificulta a separação dos fios grudados. Achei o aplicador dela bem mediano, para uma máscara que custa R$21,99 não vale a pena, já que pelo mesmo preço você compra a The Colossal da Maybelline.



Se você já assistiu, leu ou usou algo dos itens acimas comentem aí embaixo a sua opinião.
Vou gostar de saber 

Olá, queridos!

Um dos lançamentos da Darkside Books esse mês foi Ed & Lorraine Warren: Demonologistas e é claro que como boa fã desse casal eu não podia deixar de ter esse livro maravilhoso e nem deixar de falar dele aqui.
SINOPSE: Gerald Brittle desvenda alguns dos principais casos reais vividos pelos Warren. Ed e Lorraine permitiram ao autor acesso exclusivo aos seus arquivos sobrenaturais, que incluem relatos extraordinários de poltergeists, casas mal-assombradas e possessões demoníacas.

O livro é uma descrição muito detalhada da vida e da carreira dos Warrens. Com perguntas muito bem feitas pelo autor e respostas completas de Ed, o livro tira as dúvidas que existiam para nós fãs das histórias vividas pelo casal. O que torna o livro mais interessante é que ao decorrer da história você se depara com documentações fotográficas de alguns dos casos.
Apesar de ter uma narrativa um pouco confusa, o livro consegue ser bem assustador.

“É o livro mais assustador que eu já li.”
 JAMES WAN (DIRETOR DE INVOCAÇÃO DO MAL) 

“Minha pesquisa foi totalmente baseada em Ed & Lorraine Warren: Demonologistas.”
 - VERA FARMIGA 









Confesso que comecei a acompanhar mais sobre o casal depois da mensagem ''Baseado em fatos reais'' no inicio do filme Invocação do Mal. Mais tarde, descobri que a Darkside finalmente ia trazer o livro The Demonologist: The Extraordinary Career of Ed and Lorraine Warren (titulo original) aqui para o Brasil. Então assim que começou a pré-venda do livro, eu corri pra comprar.

A edição tá perfeita, o livro tem um marcador (fita de cetim) na cor vinho e vem uma foto da boneca Annabelle, uns dos famosos casos do casal. As ilustrações estão lindas e dar um ar totalmente vintage ao livro que, sem dúvidas, faz com que ele se destaque na estante.



Extra

A Darkside Books disponibilizou o áudio original do caso do Poltergeist de Enfield (aquele em que o filme Invocação do Mal 2 é inspirado), você pode escutar aqui.



Espero que tenham gostado
 ❤



Que outubro é o mês do horror todo mundo sabe, no dia 31 é comemorado o Dia das Bruxas aqui no Brasil, então a gente fica naquele clima todo de Halloween. E pra entrar ainda mais nesse clima, reuni algumas dicas de filmes e séries pra você assistir, livros para ler e mais...
Filme

O primeiro filme que vem na cabeça quando o assunto é Dia das Bruxas é Harry Potter, qualquer um dos filmes, na verdade recomendo até uma maratona. Mas, apesar de ter bruxas, os filmes do Harry Potter não são filmes de terror. E eu quis trazer uma indicação mais dark, então eu indico Cemitério Maldito.

 Sinopse: Recentemente os Creeds se mudaram para uma nova casa nos arredores de Chicago. A casa é perfeita, exceto por duas coisas: os reboques, que vivem fazendo barulho na estrada, e o misterioso cemitério no bosque atrás da casa. Os vizinhos dos Creeds estão relutantes em falar sobre o cemitério e eles tem um bom motivo para tal comportamento. 

O filme foi inspirado no livro O Cemitério, de Stephen King. Eu super indico esse filme, além de ser assustador, tem uma excelente trilha sonora. O filme é de 1989 e é bem trash, mas consegue ser bem assustador. Recomendo assistir na noite do dia 31.


Série



 No mês passado foi ao ar o primeiro episódio da série The Exorcist, a série inspirada no filme do mesmo nome. Conta a história de dois padres, Tomas Ortega e Marcus Keane que se juntam pra realizar um ritual de exorcismo. Mesmo diferentes um do outro, os dois precisam se unir para completar o desafio que nenhum dos dois conseguiria completar sozinho.

A série estreou faz pouquíssimo tempo e ainda tá no quarto episódio, mas os episódios são muito bons que já indico vocês a assistirem essa série com atores muito bons e um terror psicologico que cumpre o papel em assustar.

Livro
É claro que eu não ia perder a oportunidade de indicar um livro de terror pra vocês e já que eu recomendei a série The Exorcist, vou recomendar o livro que inspirou o livro que inspirou o filme que inspirou a série. Confuso, né?! Vou explicar; A série acima foi inspirada no filme de mesmo nome, de 1973. O filme foi inspirado no romance de William Peter Blatty lançado em 1971, que foi inspirado no livro que vou indicar pra vocês, que é O Exorcismo.
Escrito por Thomas B. Allen, o livro narra em detalhes os fatos que aconteceram com Robert Mannheim, um jovem norte-americano de 14 anos que gostava de brincar com sua tábua ouija, presente que ganhou de uma tia que achava ser possível se comunicar com os mortos.

O livro é uma ótima pedida pra esse mês do terror, já que o mesmo consegue ser assustador a partir do momento em que a história é real. E  é claro que nessa edição da Darkside tinha que ter  a reprodução da tábua Ouija (que pode ser jogada usando o marcador de página) pra deixar o livro mais assustador do que já é. Mas até que é uma boa desculpa para juntar os amigos nesse Halloween e se comunicar com os espiritos (melhor não, né?!).

Fantasia

Ei, eu não ia esquecer de você que, diferente de mim, vai passar o Dia das Bruxas em uma festa. É claro que eu separei uma dica de fantasia. 
Com o lançamento do filme Esquadrão Suicida e a primeira aparição da Harley Quinn no cinema esse ano, é de se esperar que a fantasia da personagem seja a mais usada nesse halloween.  Por isso, a dica de fantasia vai ser...do Coringa! 

Quem disse que só homem pode se fantasiar de Coringa? Isso mesmo: ninguém. E apesar da fantasia da Harley Quinn ser bonita, a probabilidade de ter outra pessoa usando ela naquela festinha é bem alta. Mas uma versão feminina do Coringa? Essa fantasia tá incrível e você pode se inspirar nela e fazer a sua versão. 

Espero que tenham gostado das dicas
No dia primeiro de maio deste ano eu e meu noivo completamos dois anos juntos, ai decidimos cair na estrada com meu cunhado, sua esposa e seus dois cachorros e ir para Campos do Jordão, cidade localizada no interior de São Paulo.
Foram quatro horas de viagem e quando chegamos lá fomos direto para o Amantikir, um parque que possui 22 jardins e 800 especies de plantas. É um lugar muito romântico e excelente para quem gosta de natureza.


 Depois desse passeio lindo, fomos para a pousada descansar um pouco e nos arrumar para conhecer mais de Campos de Jordão.
Ficamos em uma pousada (esqueci o nome) que ela é bem no alto na serra, então a vista era linda, por isso preferimos pegar um chalé [foto] ao invés de um quarto, pois queríamos acordar e apreciar a natureza.

Depois de descansarmos um pouco, partimos para mais um passeio. Dessa vez fomos visitar a cervejaria Baden Baden, fizemos um tour por lá e descobrimos a história e mais do processo da fabricação da cerveja Baden Baden.

E para finalizar esse dia maravilhoso, fomos jantar e conhecer o Centro de Capivari, que eu achei bem lindinho.
Super recomendo vocês a irem para Campos do Jordão. Adorei conhecer esse lugar maravilhoso. 

~ good memories ~

Para mais informações do Parque Amantikir e da Cervejaria Baden Baden:


Como uma boa fã do gênero terror, é claro que Psicose ia ter um espaço especial aqui no blog. Fazia tempo que eu tinha vontade de ler o livro e fazer uma comparação com o filme, então aqui estou.
Como eu assisti o filme antes de ler o livro, vamos começar falando sobre ele. 

 Filme x Livro

Sinopse: Marion Crane é uma secretária (Janet Leigh) que rouba 40 mil dólares da imobiliária onde trabalha para se casar e começar uma nova vida. Durante a fuga à carro, ela enfrenta uma forte tempestade, erra o caminho e chega em um velho hotel. O estabelecimento é administrado por um sujeito atencioso chamado Norman Bates (Anthony Perkins), que nutre um forte respeito e temor por sua mãe. Marion decide passar a noite no local, sem saber o perigo que a cerca.


 Lançado em 1960, o filme foi dirigido por Alfred Hitchcock e escrito por Joseph Stefano, baseado no romance de mesmo nome de Robert Bloch.

Classificado como o melhor filme de todos os tempos, Psicose é um clássico que mesmo lançado há mais de 50 anos atrás, ainda impressiona quem o assiste atualmente. Uma obra-prima do suspense que conta com a atuação assustadora de Anthony Perkins como Norman Bates. Com uma fotografia em preto e branco, cenas e dialogos inesqueciveis, o filme sem dúvidas é uma das melhores adaptações cinematograficas de livro que eu já vi.

E é claro que o livro não podia ser diferente, com uma história mais rica e detalhes mais densos da personalidade de Bates, não é surpresa o livro ter inspirado Alfred Hitchcock a lançar o filme.


Publicado originalmente em 1959 por Robert Bloch, o livro foi inspirado no caso do assassino de Wisconsin, Ed Gein que assim como o protagonista Norman Bates, era solitário e tinha uma relação ambivalente com a mãe.

O livro, publicado no Brasil pela Darkside, foi um excelente complemento pra mim que já havia assistido ao filme. Ler o livro que inspirou um clássico do cinema e poder entender mais da história do mesmo valeu muito a pena.

Se você já assistiu ao filme e ainda não leu o livro; LEIA! E se você não fez nenhum dos dois,  faça. Pois se você é daqueles que gostam de se surpreender, os dois fazem isso muito bem. 

Concluindo, o filme é tão bom quanto o livro e não deixa nada a desejar. Obrigada Robert Bloch por essa história e muito obrigada Alfred Hithcock por imortaliza-la no cinema. 

Curiosidades:

- O psicopata e assassino Ed Gein serviu como inspiração tanto para o personagem de Norman Bates em Psicose quanto para o personagem de Jame Gumb em O Silêncio dos Inocentes (1991).

- Alfred Hitchcock adquiriu anonimamente os direitos de Psycho e depois comprou todas as cópias do livro disponíveis no mercado para que ninguém o lesse e, consequentemente, ele conseguisse manter a surpresa do final da obra.

- O filme Hitchcock, de 2012, mostra como foi para o diretor fazer o filme.

-  Psicose custou apenas US$ 800 mil e faturou mais de US$ 40 milhões nas bilheterias.

-  Psicose foi filmado em preto e branco por opção do próprio Alfred Hitchcock, que considerava que a cores o filme ficaria "ensanguentado" demais.